logotipo
CONTATO
04/10/2018
Jodson representa a CBTE em reunião do DFPC
Aconteceu ontem, 03/10, na sede do DFPC (Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados) em Brasília, a Câmara Temática referente aos CACs (Colecionador, Atirador, Caçador) e IATs (Instrutores de Armamento e Tiro) com o Conselho Consultivo, formado por membros das entidades ligadas ao tiro. Representando a CBTE o seu 1º Vice-presidente Jodson Edington que é membro cativo deste Conselho.

Jodson apresentou e defendeu a inclusão e adequação dos seguintes itens:

  • Autorizar novamente as entidades desportivas registradas no Exército a adquirir munições novas e insumos exclusivamente para o consumo de CACs com CR, em cursos, treinamentos e competições de acordo com a capacidade de armazenagem e de segurança;

  • Implantar sistema para o registro e controle do consumo das munições adquiridas por essas entidades esportivas. O sistema seria um modelo próximo ao SICOVEM. Durante a reunião também foi informado pelo Conselheiro Sr. Salésio Nuhs que o mesmo poderá desenvolver e doar esse sistema ao Exército;

  • Rever diversos itens da Portaria 40 referentes aos IATs com CR: incluir a quantidade de armas para acervo de Instrutor, aquisição de cartuchos para cursos, permitir de realizar e comprovar a capacidade técnica para os CACs;

  • Solicitar e orientar os SFPC sobre a possibilidade de apostilar armas de ar e de emitir GTE quando solicitado pelo CAC e desta forma facilitar o embarque nos aeroportos como também nas viagens internacionais;

  • Analisar a possibilidade de anistiar e apostilar nos CRs de CACs todas as máquinas de recarga existentes sem a comprovação de origem;

  • Rever a descrição dos produtos quando do preenchimento de pedido para aquisição de cartuchos e insumos sem que seja necessário detalhar alguns produtos (Ex.: modelo e tipo de chumbo para calibres 12 e 20, modelo de cartuchos 22 etc);

  • Elaborar Portaria especifica referente a empresa de instrução de tiro;

  • Foi aprovada a alteração na GTE, sugerida pelo Conselheiro Demetrius, especificamente no campo da quantidade de munições com a nova redação de: Até XXX;

  • Foi discutido a possibilidade de ampliar o prazo de validade do CR para 5 anos;

  • Foram apresentadas várias sugestões e bastantes discutidas sobre o aumento da quantidade de armas e munições a serem adquiridas pelos CACs, de acordo com os Níveis já existentes.

É importante ressaltar que o Exército (COLOG / DFPC) tem abraçado e apoiado o Tiro Esportivo, a começar pela criação do Conselho Consultivo.

Nessa última reunião, tivemos a certeza que o Exército nos apoia incondicionalmente e está atento a todas as necessidades para melhoria da gestão e fiscalização de produtos controlados referentes ao nosso esporte. Portanto, temos muito a agradecer ao Gen Theophilo, Gen Neiva e atualmente ao Gen Luciano e a sua equipe pela atenção e apoio dispensado ao esporte.
por: CBTE